Exéquias

Coordenador: Elson

O Catecismo da Igreja Católica, nos parágrafos 1682 a 1684, diz o seguinte sobre a morte dos cristãos:

§ 1682 - O dia da morte inaugura para o cristão, ao final de sua vida sacramental, a consumação de seu novo nascimento iniciado no Batismo, a ‘semelhança’ definitiva à ‘imagem do Filho’, conferida pela unção do Espírito Santo, e a participação na festa do Reino, antecipada na Eucaristia, mesmo necessitando de últimas purificações para vestir a roupa nupcial.

§1683 - A Igreja que, como mãe, trouxe sacramentalmente em seu seio o cristão durante sua peregrinação terrena, acompanha-o, ao final de sua caminhada, para entregá-lo ‘ás mãos do Pai’. Ela oferece ao Pai, em Cristo, o filho de sua graça e deposita na terra, na esperança, o germe do corpo que ressuscitar na glória. Esta oferenda é plenamente celebrada pelo Sacrifício Eucarístico. As bênçãos que a precedem e a seguem são sacramentais.

§1684 - Os funerais cristãos são uma celebração litúrgica da Igreja. O ministério da Igreja tem em vista aqui tanto exprimir a comunhão eficaz com o defunto como fazer a comunidade reunida participar das exéquias e lhe anunciar a vida eterna.

O ritual das exéquias, por sua vez, recomenda:  “Ao celebrar as Exéquias dos seus irmãos, procurem os cristãos afirmar sem reservas a esperança na vida eterna, de tal modo, porém, que não pareçam ignorar ou menosprezar o modo de pensar e de proceder dos homens do seu tempo no que se refere aos defuntos. Quer se trate de tradições familiares, quer de costumes locais, quer de organizações constituídas para cuidar dos funerais, acolham de boa vontade tudo o que de bom encontrarem; mas o que de algum modo pareça contrário ao Evangelho, procurem transformá-lo, de modo que as Exéquias celebradas pelos cristãos exprimam a fé pascal e manifestem o espírito verdadeiramente evangélico”.

Em nossa paróquia, estamos formando uma equipe que se dedique especialmente a esse ministério cuja missão é levar conforto e esperança aos que vivem a dolorosa experiência de perder uma pessoa querida. Espontaneamente, muitas pessoas, nos velórios, fazem orações que confortam e fortalecem os que choram a morte de seus entes queridos. O ministério das exéquias ou Pastoral da Esperança não restringe sua presença nos velórios, mas também após os funerais levando conforto e esperança à família enlutada com visitas e orações que animam e fortalecem os que estão abalados pela perda de uma pessoa querida.





PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA GLÓRIA
Praça Aristides Pereira, 426 | Passagem de Mariana
Mariana/MG | CEP:35421-000
Telefone: (31)35575015